Freestyle Libre – Como Monitorar a Glicose – Sensor e Leitor

Com o sistema FreeStyle Libre você poderá monitorar sua glicose sem precisar perfurar os dedos.

Chega do desconforto de precisar furar o dedo para medir sua glicose.

Para que furar se você precisa só escanear?

como tratar o diabetes

Com o FreeStyle Libre agora tudo isso é uma realidade. O combo inicial acompanha o leitor e dois sensores.

Basta aplicar o sensor no braço que dentro de poucos minutos você já pode monitorar sua glicose.

O sensor é discreto e você pode tomar banho com ele ou até mesmo ir a praia ou piscina.

como curar o diabetes tipo 2

Para mais informações de onde adquirir escreva um email para: edvaldo@diabetes2.blog.br

Quer conversar com você sobre a sua doença: o Diabetes.

Você tem levado ela a sério ou escorrega na comida no final de semana.

Quero lembrar que essa doença é coisa séria e pode levar a cegueira, amputações ou impotência.

Eu descobri um Manual que me ajudou muito a controlar a glicose de modo saudável. Fiquei livre da insulina e muitos dos meus amigos também.

> Clique Aqui para Conhecer este Manual de Controle do Diabetes.

Vacina contra a diabetes se chama BCG

Um remédio criado há 97 anos pode se transformar na cura de uma doença que hoje representa para a medicina um de seus maiores desafios. Em trabalho exemplar, pesquisadores do Massachusetts General Hospital, nos Estados Unidos, estão testando com sucesso o uso da vacina BCG, contra a tuberculose, para tratar a diabetes tipo 1. Na primeira fase dos estudos clínicos, os pacientes submetidos à terapia apresentaram melhora tão considerável que a Food and Drug Administration (FDA), a agência americana responsável pela liberação de drogas e tratamentos, acaba de aprovar a continuidade da pesquisa, desta vez com número maior de participantes.

Existem dois tipos de diabetes. A do tipo 1 é uma doença auto-imune, desencadeada porque o sistema de defesa ataca as próprias células do corpo. No caso da enfermidade, as células destruídas pelo exército imunológico são as beta, localizadas no pâncreas e responsáveis pela fabricação da insulina. O hormônio é o que permite a entrada do açúcar circulante na corrente sanguínea para dentro das células. Sem ele, a glicose se acumula no sangue, caracterizando a doença. É diferente da diabetes tipo 2, associada à obesidade e aos seus efeitos sobre o funcionamento da insulina, não à sua produção. No caso da tipo 2, ocorre o fenômeno da resistência à insulina. Ou seja, o hormônio não atua como deveria. O resultado é o mesmo: o excesso de glicose na corrente sanguínea. As consequências também são iguais. A elevada concentração de açúcar no sangue está na raiz das doenças cardiovasculares, é uma das principais causas de cegueira e também de amputações.

ORQUESTRA AJUSTADA

O efeito da vacina BCG em doenças auto-imunes está no leque de interesses da ciência há alguns anos. É, por exemplo, objeto de estudo no tratamento da Esclerose Múltipla, enfermidade neurológica crônica que afeta o sistema nervoso central. Os dados obtidos até agora mostram que a doença tinha parado de progredir em pacientes vacinados havia mais de cinco anos. Também há evidência de eficácia em vários casos de alergia.

 

Nas suas investigações a respeito do impacto do imunizante sobre a diabetes tipo 1, os cientistas americanos descobriram que ele atua sobre genes associados a um tipo específico de células de defesa. Tratam-se dos linfóticos T regulatórios. São assim chamados justamente porque têm a função de regular a ação das outras células do sistema imunológico para que tudo funcione de forma ordenada. Nem demais, nem de menos. Quando essas células encontram-se em desequilíbrio, a orquestra da defesa do corpo se desorganiza. Se estão em baixa concentração, permitem que outras componentes ataquem estruturas identificadas erroneamente como agressores, iniciando o processo que dá origem às doenças auto-imunes. “Verificamos que a vacina BCG induz a fabricação dessas ‘boas’ células T”, explicou à ISTOÉ Denise Faustman, diretora de Imunobiologia do Massachusetts General Hospital, professora da Universidade de Harvard e coordenadora da pesquisa. “Usualmente, elas são chamadas de células supressoras e, na diabetes, não funcionam corretamente. O paciente precisa de mais delas.”

Enquanto a vacina não chegar você pode aprender como reverter o diabetes.

 

Ebook Matt Traverso Diabetes 2

Uma Maneira de Reverter o Diabetes?

Aqui está uma notícia importante para qualquer pessoa com diabetes. O livro de sucesso internacional está agora disponível que revela princípios cientificamente testados que podem ajudar a desencadear o seu corpo a produzir mais insulina naturalmente, revertendo os sintomas de diabetes sem a necessidade de medicação.

Diabetes é uma doença que atinge proporções epidêmicas em todo o mundo ocidental … Você sabia que todos os dias, só nos Estados Unidos, mais de 2.000 novos casos de diabetes são diagnosticados ? Com a atenção voltada para o açúcar no sangue e os níveis de insulina, no entanto, a causa subjacente de toda a devastação tem sido negligenciada. De acordo com o especialista em saúde e autor best-seller Matt Traverso, muitos médicos estão deixando de tratar a causa subjacente real do diabetes. Em vez disso, eles estão tratando os sintomas com produtos químicos e medicamentos farmacêuticos que muitas vezes deixam as pessoas que sofrem com os efeitos colaterais e uma dependência de longo prazo sobre essas drogas.

O que alguns médicos podem estar falhando a entender é que o diabetes não é uma doença, é uma reação para fora vindo diretamente do pâncreas que resulta no corpo ser capaz de produzir quantidades normais de insulina, devido ao mal funcionamento do pâncreas.

Saiba mais agora!

O livro de Matt Traverso diz que se o dano que está sendo feito a o pâncreas pode ser revertido, o órgão terá a possibilidade de curar a si mesmo e então, gradualmente, é possível para aqueles que são dependentes de injeções de insulina conseguir reverter o problema. Isso significa que quem sofre de diabetes pode já não ter que ser dependente das drogas e medicamentos que normalmente são tomadas para tratar a doença.

Esta informação lança nova luz sobre a forma como os diabéticos obtêm a condição e como eles podem reverter sua doença efetivamente. A nova descoberta sobre a diabetes está sendo chamado de ” Reverter Diabetes ” por todo o mundo ocidental. Eu gostaria de estender a oportunidade para quem quer sofre de diabetes tipo 1 ou tipo 2, ou é de alto risco de contrair a doença, para visitar este link agora:

Entre agora!