COMO LANÇAR UMA GLICEMIA NO GLIC?

Olá Ana Paula,
Tudo bem?

Para editar qualquer informação da sua prescrição, você pode acessar a sua conta em http://www.gliconline.com.br

Se você precisa apagar um registro errado que fez no app. Em breve você poderá fazer isso diretamente no app. Por equanto permitimos fazer isso na conta web, Vou te dar o passo a passo de como:

1) Acesse sua conta em http://www.gliconline.com.br
2) Clique no ícone TABELA RESUMO que aparece na tela inicial da sua conta
3) Ao acessar a TABELA RESUMO, escolha o valor de glicemia que deseja apagar
4) Clique no icone “⌫” em azul.

E para fazer o cálculo de carboidratos, basta acessar o app Glic e seguir o fluxo do botão refeição.

De repente Ana, você poderia entrar em contato com o nosso chat (que tem no nosso site) ou pelo sac@gliconline.com.br para que a nossa equipe possa te enviar imagens e te ligar se for necessário.

Abraços

Responder

GLUCAGON EM SPRAY PARA BORRIFAR NO NARIZ

Já imaginou poder tratar a hipoglicemia norrifando Glucagon no narriz ao invés da injeção?

O que é Glucagon? Acesse este nosso outro texto em que explicamos tudinho sobre Glucagon, clique aqui.

A ideia é que ela seja fácil de aplicar, bastanto espirrar a solução dentro do nariz. O produto está em estudo fase 3, quando um medicamentos é testado em seres humanos.

O estudo do Glucagon em Spray
lilly glucagon locemia

Nesta fase do estudo, foram feitos experimentos com adultos com diabetes tipo 1 que estavam tendo um episódio hipoglicêmico moderado a grave.

Os pacientes tratados recuperaram da hipoglicemia dentro de uma meia hora em 96% dos casos, e 90% dos cuidadores (tipicamente um cônjuge) acharam o produto fácil de usar.

Foi o que Elizabeth R Seaquist, MD, University of Minnesota apontou no Congresso Americano de Diabetes (American Diabetes Association, ADA 2017).

Mesmo depois que os cuidadores aprendem a preparar e usar o glucagon injetável, “eles geralmente não usam isso” e podem sentir-se impotentes esperando que os paramédicos cheguem, de acordo com o Dr. Seaquist.

FDA precisa aprovar o Glucagon Spray para poder ser comercializado.

Em outubro de 2015, Eli Lilly adquiriu os direitos globais do produto nasal, que foi originalmente desenvolvido pela empresa canadense Locemia Solutions. Lilly planeja enviar uma nova aplicação de drogas à US Food and Drug Administration (FDA) no primeiro semestre de 2018, que incluirá o estudo atual.

A fonte dessa reportagem é a entrevista de Chad Grothen. Ele é líder mundial em desenvolvimento de marca Lilly Diabetes ao canal Medscape Medical News. Para mais informações, acesse.

Foto: Clinidiabet e Diatribe

INSULINAS ANÁLOGAS NO SUS: JUNTOS PELOS NOSSOS DIREITOS

O texto abaixo foi extraído do blog da Dra. Débora Aliguieri , que nos permitiu replicar nos nossos canais de comunicação, pois orienta como podemos agir juntos pela incorporação das insulinas análogas de ação rápida para pessoas com DM1 no Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre os dias 13.09 e 03.10.16 foram colhidas 1.092 contribuições (118 técnico-científicas e 974 de profissionais de saúde, pacientes, familiares, amigos e cuidadores de pessoas com diabetes), na sua grande maioria favoráveis ao fornecimento dos análogos de ação rápida pelo SUS às pessoas com diabetes tipo 1. Havendo apenas uma opinião contrária e uma parcialmente favorável) provocando a mudança do parecer inicial.

Os relatórios de recomendação final da CONITEC podem ser acessados nos seguintes links:

 

3) Incorporação dos Análogos de Insulina pelo SUS

Em 22.02.2017 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria nº 10/2017 da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, acatando a recomendação da CONITEC de incorporação dos análogos de ação rápida ao SUS para tratamento de pessoas com diabetes tipo 1, mediante negociação de preço e conforme protocolo que seria estabelecido pelo Ministério da Saúde.

 

Análogos de Insulina SUS - Conitec
4) Prazo de 180 dias para disponibilizar a insulina no SUS para então ela ser incorporada

De acordo com a Lei nº 12.401/2011 e o Decreto nº 7.646/2011 (artigo 25), que regulamentam o funcionamento da CONITEC e o processo de incorporação de tecnologias ao SUS, a partir da publicação da decisão no DOU, o Ministério da Saúde tem um prazo de 180 dias para para disponibilizar no SUS a tecnologia incorporada. Ainda, conforme o Decreto nº 7.508/2011 (artigos 25 a 29), o fármaco incorporado deverá ser incluído na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) para a sua prescrição e dispensação na rede pública de saúde.

Mas quase 180 dias após a publicação da decisão de incorporação dos análogos de insulina de ação rápida ao SUS para tratamento de pessoas com diabetes tipo 1, nenhuma dessas providências foi levada a cabo pelo Ministério da Saúde.

Não temos notícias sobre a negociação de preços com as fabricantes dos análogos de ação rápida, não houve formulação e publicação de Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica (PCDT) estabelecendo o direito de acesso às insulinas análogas para todas as pessoas com diabetes tipo 1, e na proposta de atualização da RENAME de 2017 não constam os análogos de insulina de ação rápida.

5) Ação/ Pressão da Sociedade Civil e entidades do meio.

Por essa razão, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) está promovendo uma mobilização para cobrar as providências necessárias à disponibilização dos análogos de insulina de ação rápida para todos os usuários do SUS portadores de diabetes tipo 1.

Como você pode ajudar?

Vamos então todos nos unir e acionar o Ministério da Saúde pelas redes sociais (facebook: https://www.facebook.com/minsaude/ e twitter: @minsaude) com mensagens para pedir:

  1. Notícias sobre a negociação de preços com as fabricantes dos análogos de ação rápida;
  2. Elaboração do PCDT de análogos de insulina para todas as pessoas com DM1;
  3. Inclusão dos análogos de ação rápida na RENAME 2017.

Só assim conseguiremos o acesso aos análogos de insulina de ação rápida pelo SUS para todas as pessoas com diabetes tipo 1 no Brasil.

Sugestões para postar no seu twitter e outras mídias sociais:

@minsaude Queremos notícias sobre a negociação de preços dos análogos de insulina de ação rápida p/ #diabetes tipo 1 pelo SUS
@minsaude Queremos o PCDT de análogos de insulina para todas as pessoas com #diabetes tipo 1
@minsaude Queremos a inclusão dos análogos de ação rápida na RENAME 2017

NOVEMBRO AZUL – DIABETES: AGENDA DE EVENTOS

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela a Federação Internacional de Diabetes (IDF) e a Organização Mundial da Sáude (OMS). O objetivo era criar campanhas para alertar sobre o números crescente de diagnósticos de diabetes no mundo.

Este ano o tema é Diabetes e Mulheres, mas os cuidados e atividades são para todos! Veja a atividade mais próxima de você e aproveite para aprender, realizar exames, conhecer outras famílias e pessoas com diabetes.

Agenda de Eventos

Dias 3, 4 e 5 de Novembro

Rio de Janeiro:

Colônia Azul
Local: Cachoeiras de Macacu
Mais informações: http://coloniaazul.com.br/

Rio de janeiro

3° Fórum Regional de Diabetes – ADIFAT
Local: Tanguá – RJ
Horário: das 07 às 18h
Mais informações: http://45.56.107.184/eventos/2909884/iii-forum-regional-de-diabetes-em-tangua-rj

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

Dia 11 de Novembro

Rio de Janeiro

Campanha pelo Dia Mundial do Diabetes na Lagoa
Local: Paróquia São José
Horário: das 09 às 12h

São Paulo

Encontro Momento Diabetes
Local: Espaço Fit Eventos
Horário: das 8h às 12h
Mais informações: https://www.facebook.com/momentodiabetes/

Caminhada Azul da Secretaria da Mulher de Barueri
Local: Parque Municial
Horário: das 09:00 às 11h

Novembro Azul
Local: Santos, SESC Santos.
Horário: das 10h às 15h

Fique de Olho – Palestra aberta ao público
Local: Hospital dos Olhos/ Paraíso São Paulo
Horário: das 09h às 12h30

Tocantins

De olho no diabetes
Local: Clinica oftalmologia avançada – 104 norte Palmas, TO
Horário: das 07h30 às 12h

Paraíba

Piauí

Piquenique azul com as mães-pâncreas e filhos
Local: Araxá Bike Park
Horário: a confirmar

Goiânia

12 de Novembro 

São Paulo

Corrida Birigui – ADJ Birigui
Local: ADJ Birigui
Horário: às 8h
Mais informações: https://www.incentivoesporte.com.br/verevento?key=274ad4786c3abca69fa097b85867d9a4

Novembro Azul
Local: Santos, Barraca de Praia APM Santos.
Horário: das 09h às 12h

Dia 13 de Novembro

São Paulo

Dia Mundial do Diabetes
Local: AME Bauru
Horário: das 08h30 às 12h

Amazonas

Dia 14 de Novembro

Rio de Janeiro

Revista Em Diabetes – Dia Mundial do Diabetes no Tour Maracanã
Horário: das 9h às 10h30
Local: dentro do Maracanã.
Mais informações: http://emdiabetes.com.br/

 

1° Fórum da Frente Parlamentar pelo Diabetes: Mulher, Diabetes, Direitos e Cidadania
Horário: das 09 às 12h
Local: Auditório B da Alerj

São Paulo

Tedtalk Mulheres e Diabetes da Associalção de Diabetes Brasil (ADJ)
Horário: das 19h às 21h
Local: Museu da Imagem e do Som (MIS – SP)

Ação Educativa SBD no Parque do Ibirapuera – Nosso direito à um futuro saudável
Horário: das 10h às 16h
Local: Parque do Ibirapuera, Portões 3 e 10.

Minas Gerais

Novembro Azul
Local: Nova Lima, Praça Bernardino de Lima.
Horário: das 8h às 16h

Pará

15 de Novembro:

São Paulo

Show da Sociedade Brasileira de Diabetes
Horário: das 20h às 22h
Local: Teatro Tom Brasil

Tour Azul da Nova Equipe
Horário: a confirmar
Local: a confirmar

VII Simpósio Acadêmico de Diabetes Mellitus
Local: Avenida Doutor Mário Vilas Boas Rodrigues, 387, Jardim Dom Bosco, São Paulo
Horário: das 8h às 12h
Mais informações: https://doity.com.br/vii-simpsio-acadmico-de-diabetes-mellitus

FlashDay Tatoo
Local: Hangar 82 – Av. Nova Independência, 168 – Brooklin Paulista – São Paulo
Horário: das 10h às 18h
Mais informações: http://www.diabeticatiporuim.com.br/

16 de Novembro

São Paulo

Congresso Brasileiro de Diabetes (de 16 a 18 de novembro)
Local: Transamérica Expo
Horário: dia inteiro

18 de Novembro

Tocantins

Piauí

Reunião comemorativa 06 anos da Associação dos Diabéticos do Piauí
Local: ADIP
Horário: a confirmar

Mato Grosso

19 de Novembro

Porto Alegre

Corrida Para Vencer o Diabetes do Instituto da Criança com Diabetes (ICD)
Local: Parcão
Horário: às 10h

São Paulo

25 de Novembro

São Paulo

Divabética Show
Local:
Horário:

26 de Novembro

São Paulo

Piquenique Azul Dia Mundial do Diabetes
Local: Parque Vila Lobos
Horário: a tarde

5° Pedal Diabetes
Local: Parque do Ibirapuera (+ circuito)
Horário: manhã

Ceará

PicDia Azul
Local: Parque do Cocó, Fortaleza
Horário: das 9h às 11h30

Porto Alegre

Mateada Diabética
Local: Parque da Redenção
Horário: 14h

 

SUS: O QUE FAZER QUANDO FALTAM INSUMOS, MEDICAMENTOS, OU ATENDIMENTO?

SUS – Sistema Único de Saúde

A Constituição Federal e a Lei do Sistema Único de Saúde (SUS) garantem o acesso aos serviços e ações de saúde no Brasil como um direito do cidadão.

O protocolo do SUS em diabetes (Portaria nº 2.582/2007) estabelece a obrigação de fornecimento do rol previsto de medicamentos e insumos às pessoas com diabetes em nível nacional. E os protocolos regionais estabelecem a obrigação do Poder Executivo local em relação à assistência farmacêutica na região.

Ainda que não previstos no protocolo nacional ou nos regionais, os medicamentos e insumos fornecidos por ordem administrativa ou por ordem judicial são igualmente direitos das pessoas beneficiadas por essas ordens.

Apesar disso, é bastante comum o desabastecimento e a falta de serviços nas unidades municipais e estaduais do SUS.

O que fazer, então, quando a pessoa não tem acesso aos medicamentos e/ou insumos, ou a algum serviço de saúde do SUS?

Há inúmeras medidas que podem e devem ser tomadas:

  1. Redigir uma notificação ao serviço local informando: os dados pessoais e de contato, o que não recebeu, de que forma essa falta prejudica a saúde da pessoa. E solicitar providências para o restabelecimento do serviço/fornecimento, ficando com uma cópia carimbada/assinada pelo funcionário, como prova da falta de atendimento;
  2. Registrar reclamação (da falta de serviço/medicamento) e solicitação (de acesso a serviço/medicamento) perante a ouvidoria regional(municipal ou estadual) do SUS. isso pode ser feito através do telefone ou endereços (físico e eletrônico) da ouvidoria, que podem ser obtidos na própria unidade e nos sites das Secretarias de Saúde.
    Não havendo solução ou retorno da ouvidoria regional, procurar a ouvidoria geral do SUS (disque 136 e demais contatos, disponíveis no site do Ministério da Saúde);
  3. Se descumprimento de ordem administrativa, cobrar o restabelecimento do serviço/medicamento através de ação judicial. Se for ordem judicial, requerer no processo o bloqueio da conta do Estado ou do Município no valor correspondente ao custeio do medicamento ou do serviço em falta.

Ouvidoria do SUS

O registro de reclamação perante as ouvidorias é muito importante, pois as gestões regionais e nacional do SUS só podem identificar e solucionar o problema se ele constar de dados obtidos através dessas notificações, reclamações e solicitações.

Por Débora Aligieri: Advogada, blogueira e ativista em saúde, com foco na defesa dos direitos das pessoas com diabetes

Fonte: Momento Diabetes